Uni-ANHANGUERA

Palestra da Liga Acadêmica de Redação Científica – Medicina Veterinária

NotíciasComentários desativados em Palestra da Liga Acadêmica de Redação Científica – Medicina Veterinária

MEDICINA VETERINÁRIA informa: Liga Acadêmica de Redação Científica “LAIKA” promove a palestra –  CONTROLE POPULACIONAL DE PETS: Parâmetros Sócio Educacionais

A palestra foi ministrada pela Médica Veterinária TRÍCIA OSÓRIO DA SILVA, graduada em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (2001). Possui mestrado em Medicina Veterinária (2003) pela mesma instituição. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, com ênfase em Reprodução canina.

O controle populacional de cães e gatos em ambientes urbanos possui importância social e sanitária. O controle ético da população de cães e gatos, resultando na guarda responsável desses animais, é de interesse tanto da gestão pública para amenizar os problemas causados por animais abandonados em vias públicas, como para a população que com esses animais em suas residências, como membros da família, normalmente não têm acesso a informações sobre como cuidar de seu animal para evitar a reprodução e a transmissão de zoonoses.

A palestra abordou termas sobre doenças em animais de companhia promovidas por fungos e vírus com exemplificações da verdadeira importância da castração animal pois estima-se que 40 a 50% dos pet’s estão na rua, como errantes, com baixa imunidade e má alimentação sujeitando-se a diversas doenças. Outra razão para a castração é o cuidado à saúde e higiene, não só para os animais, mas também aos humanos, tornando-a essencial para a diminuição da população de animais de rua.

liga-acad-med-veterinaria

A Dr.ª Trícia listou ainda exemplos de ações públicas voltados para esta finalidade, como por exemplo a “Lei Feliciano” que desencadeou em São Paulo a preocupação com o bem-estar animal no Brasil, como segue:

“Artigo 1º – O Poder Executivo incentivará a viabilização e o desenvolvimento de programas que visem ao controle reprodutivo de cães e de gatos e à promoção de medidas protetivas, por meio de identificação, registro, esterilização cirúrgica, adoção, e de campanhas educacionais para a conscientização pública da relevância de tais atividades, cujas regras básicas seguem descritas nesta lei.

Artigo 2º – Fica vedada a eliminação da vida de cães e de gatos pelos órgãos de controle de zoonoses, canis públicos e estabelecimentos oficiais congêneres, exceção feita à eutanásia, permitida nos casos de males, doenças graves ou enfermidades infecto-contagiosas incuráveis que coloquem em risco a saúde de pessoas ou de outros animais.

  • 1º – A eutanásia será justificada por laudo do responsável técnico pelos órgãos e estabelecimentos referidos no caput deste artigo, precedido, quando for o caso, de exame laboratorial, facultado o acesso aos documentos por entidades de proteção dos animais”.

liga-acad-med-veterinaria2

A participação à palestra foi condicionada à entrega de 01 pacote (lacrado) de ração, aos organizadores do evento, cujo destino será a alimentação de animais abandonados nas praças públicas.

asa

Os comentários estão desabilitados.

Copyright © 2005 - 2015 Uni-ANHANGUERA. Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Casa Interativa e Versátil Propaganda.

LiveZilla Live Chat Software